GASTOS ESCONDIDOS NO ALUGUEL DE CARROS: ENTENDA O QUE SÃO AS TAXAS OBRIGATÓRIAS QUE AS LOCADORAS VÃO COBRAR NA SUA LOCAÇÃO [E COMO EVITÁ-LAS]

Por acaso você já reparou naquele monte de letras que aparecem bem no final do seu contrato de locação? Muitas gente acaba não reparando nelas, mas elas podem representar grande parte do valor da sua locação!

Basicamente, como vimos nos dois artigos anteriores (parte I e parte II), podemos dividir os custos cobrados pelas locadoras de carros em três tipos diferentes, quais sejam:

      ▸ Valor básico da diária (Base Rate);
      ▸ Custos extras opcionais (Rental Options);
       Taxas obrigatórias (Service Charges/ Taxes/ Fees/ Surcharges).

Como já tratamos sobre o valor básico da diária e os custos extras opcionais, vamos falar agora acerca de outros custos e gastos que, com certeza, vão estar inclusos ao alugar um carro: as taxas obrigatórias (também conhecidas como gastos escondidos).

ENTENDA O QUE SÃO OS GASTOS ESCONDIDOS QUE SURGEM NO SEU ALUGUEL DE CARROS:taxa-artigo-principal

Como você já deve saber, quando residimos em determinado país, sendo pessoa física ou pessoa jurídica, estamos obrigados a pagar determinados valores em forma de tributos.

Esses tributos podem ser divididos em:

       Impostos;
       Taxas;
       Contribuições;   
       Contribuições de melhoria, entre outros.

Quando vamos alugar um carro, as coisas não são muito diferentes. As locadoras de carros são empresas jurídicas e, consequentemente, também estão sujeitas a pagar os tributos ao Governo, bem como pagar todos os demais custos envolvidos na operacionalização de suas atividades, como gastos com energia, estacionamento, licenças, etc.

Até aí, tudo bem…

O que acontece é que as locadoras não bancam, por conta própria, grande parte desses tributos devidos. Então, adivinha quem paga a conta?

Somos nós, os clientes.

Isso mesmo! Grande parte dos tributos que as locadoras são obrigadas a pagar são repassados aos seus clientes, e esses valores são adicionados obrigatoriamente à nossa locação.

Ou seja, somos obrigados a pagar e pronto!

Para você ter uma noção de como o assunto é importante, nos Estados Unidos existe a CART (Curb Auto Rental Taxes), que é um grupo de organizações que se dedicam exclusivamente a acabar com impostos/taxas excessivas em aluguel de carros em todo o país (EUA).

Veremos ao longo do artigo que algumas dessas taxas são impostas pela cidade, pelo estado, pelo aeroporto ou hotel, algumas servem para financiar construções de estádios ou centros de convenções e também, muitas vezes, são referentes a multas contratuais.

Mas, para nós, não importa onde e como vão aplicar as taxas, mas sim, que somos obrigados a pagar por todas as taxas cobradas.

Portanto, para entender melhor sobre assunto, continue lendo este artigo e veja quais são as taxas obrigatórias mais comuns e que geralmente vão estar adicionadas à sua locação de carro, independentemente de sua vontade.,

TAXAS OBRIGATÓRIAS (SERVICE CHARGES / TAXES/ FESS / SURCHARGES)

Na hora de finalizar a sua reserva, você perceberá que, além do valor básico da diária e dos itens adicionais que você colocou na locação, aparecem vários outros nomes e siglas, logo mais abaixo, perto do valor total.

Bem, isso não necessariamente quer dizer que estão cobrando taxas desnecessárias, mas sim, que estão incluindo taxas obrigatórias, que são cobradas para todo e qualquer carro alugado na empresa em determinada localidade, podendo ser referentes a:

      Impostos governamentais;
      Localização em aeroporto ou localidade especial;
      Gastos com licenciamento do veículo, entre outros;
      Gastos com operacionalização e estrutura.

Além disso, existem as taxas que funcionam como multas, que são aplicadas ao cliente em casos de não cumprimento de algum item do contrato ou política da empresa, como por exemplo atraso na devolução do carro ou entrega do veículo em outra localidade não prevista no contrato.

Para lhe ajudar a entender melhor sobre o assunto, abaixo separamos alguns exemplos de taxas obrigatórias que podem estar inclusas na sua reserva.

Para ficar mais fácil compreender, vamos dividi-las em três grandes categorias:

1.  Taxas referentes a custos de operação / manutenção da locadora;
2.  Taxas referentes a impostos governamentais;
3.  Taxas referentes a multas contratuais.

Agora, confira uma explicação mais detalhada sobre as taxas existentes em cada uma dessas categorias.

1. TAXAS REFERENTES A CUSTOS DE OPERAÇÃO / MANUTENÇÃO DA LOCADORA

São as taxas cobradas com a finalidade de ajudar a “pagar as contas” mais expressivas das locadoras. As mais comuns são:

Waste Tire / Battery Fee (desgaste de pneu e bateria)pneu-aluguel-de-carro-tire-

Esta é uma taxa muito comum nas locadoras no exterior e é também a mais barata. Custa menos de US$ 0,05 (5 centavos de dólar) por dia de locação. Cobrada pela maioria das locadoras para cobrir os custos envolvidos em substituir pneus e baterias, bem como descartá-los de forma que não prejudiquem o meio ambiente e que estejam de acordo com as exigências dos órgãos reguladores.

Taxa de Licenciamento do Veículo / License Recoup Fee/ Property Tax, License Reimbursement/ Vehicle Licensing Fee / Recovery Surchargetaxa de licenciamento veículo aluguel de carro

Ajudam as locadoras a cobrir os custos de emplacamento e licenciamento dos veículos da sua frota. Em média, custa menos de US$ 1 (um dólar) por dia. Algumas leis (dependendo do país ou estado) permitem que as locadoras repassem os custos aos clientes, e isso, obviamente, é feito em forma de  taxa obrigatória.

Taxa de concessão em Aeroporto ou Hotel / Concession Recovery Fee  / Hotel and Airport Concession Fee Recovery / Premium Location Feeairport concession fee

Esta é uma das taxas mais altas. Geralmente equivale a 10% ou mais do total da reserva. Criada pelas locadoras que operam em aeroportos ou hotéis para recuperarem os custos excessivos de se operar nessas localidades. É uma das taxas mais caras! Mas, existe uma forma de fugir dessa taxa: locadoras fora do aeroporto e não localizadas em hotéis não cobram esse valor, o que, teoricamente, ajuda a tornar o aluguel de carro bem mais barato.

Customer Facility Fee / Consolidated Facility Fee / Rental Car Facility Feecustomer facility fee rental car

É exigida pelos aeroportos que as locadoras repassem ao cliente uma taxa pelo uso das instalações do aeroporto. O valor é quase padrão nas locadoras nos EUA, US$ 2.50 por dia. As contribuições devem ser utilizadas para investir em melhor infraestrutura e acessibilidade aos usuários das locadoras.

Taxa de energia / Energy Surcharge / Energy Recovery Feeenergia-taxa-energy-surcharge

Ajuda a compensar os custos crescentes de energia relacionados com as operações das locadoras. Em média, menos de US$ 1 (um dólar) por dia.

Taxa de estacionamento / Parking Surchargeparking-rent-a-car

Em algumas localidades, a locadora pode incluir uma taxa para ajudar a diminuir os altos custos com estacionamentos para a sua frota.

Taxas Administrativas (Brasil)taxas brasil aluguel de carro

No Brasil, geralmente as locadoras cobram “somente” esta taxa, que  seria basicamente a junção de várias outras.

A diferença aqui é que, em vez de vir todas as taxas detalhadas uma a uma (como acontece nos Estados Unidos e em diversos países), a cobrança é feita sobre um único valor percentual.

Os valores variam de 10% a 15% sobre o valor total do aluguel do carro e já será automaticamente adicionado à sua reserva.

One Way Rental (Devolução em Outra Cidade)one way rental car

Pode ser cobrada na seguinte situação: quando alugamos um carro em uma determinada localidade, mas o devolvemos em outra. Essa situação já deve ser previamente informada na hora da reserva, ou seja, você já deve selecionar a opção de pegar o carro no local X e devolvê-lo no local Y.

Jamais escolha essa opção sem ter avisado à locadora, pois com certeza os valores a serem pagos serão bem maiores!

Cada locadora tem uma política com relação à devolução em outra localidade. Seja no Brasil ou no exterior, estas empresas seguem algumas regras determinadas.

Obviamente, quanto mais longe forem as cidades, mais caro será, pois é levado em conta justamente a distância entre as cidades, além de gastos com pedágios e outros que possam surgir.

No Brasil, as grandes locadoras costumam estabelecer a seguinte regra: aproximadamente R$ 1,00 por km rodado entre a cidade onde o aluguel foi feito até a cidade em que vai ser devolvido.

Nos EUA, normalmente, o valor do aluguel de carros retirados e devolvidos entre cidades próximas, do mesmo estado, não resulta na cobrança desse tipo de taxa, como é o caso de algumas locadoras que operam na Flórida. Confirme como funciona na sua locadora.

Geralmente esse valor não aparece separadamente, mas sim, já vem incluso no valor básico (base rate) da diária.

2. TAXAS REFERENTES A IMPOSTOS GOVERNAMENTAIS

São as taxas cobradas por lei local ou nacional. Algumas delas seriam:

(State) Surchargeestrada-aluguel-carro

Esta é uma taxa de rodagem (para manutenção e construção de estradas) que pode ser cobrada por alguns estados. No caso da Flórida, nos EUA, chama-se Florida Surcharge e custa US$ 2 por dia.

Sales Tax / Rental Surcharge / State Rental Surcharge/ State Rental Taxsalex tax rental car

Este imposto é cobrado pelos estados em determinados países, e é aplicado em qualquer transação de compra e venda de produtos ou serviços dentro do estado e, claro, o aluguel de carro não fica fora dessa. O percentual do imposto varia conforme cada estado/país.

The Harmonized Sales Taxharmonized-tax-canada

É cobrada na maioria das locações realizadas no Canadá, equivalendo a 13.0% do valor total da reserva. Em outros casos, pode ser cobrada a Provincial Sales Tax.

State Tourism Feestate tourism fee aluguel de carros taxas obrigatórias

Em determinados estados, as locadoras de carros localizadas em aeroportos e hotéis são obrigadas, por lei, a pagarem valores mensais à Comissão de Viagem e Turismo dos seus estados, e claro, esse valor vai ser cobrado na sua reserva. Essa taxa existe, por exemplo, na Califórnia, EUA (CA Tourism Fee).

Convention Center Surchargeobras

É cobrada na cidade de Boston, nos Estados Unidos. Todos os veículos alugados nessa localidade estão sujeitos a pagarem uma taxa de US$ 10 por dia. Essa taxa é destinada a ajudar a bancar com custos de construções e renovações de centros de convenções no estado.

3. TAXAS REFERENTES A MULTAS CONTRATUAIS

São as taxas cobradas quando há algum descumprimento do contrato de locação e/ou da politica da empresa. Confira algumas delas:

Late Return (retorno atrasado)late return retorno atrasado tardio do veículo alugado

Essa é uma taxa que pode ser cobrada nos casos em que devolvermos o carro após o horário estabelecido no contrato/reserva.

As regras mudam conforme cada locadora, mas podem ter certeza que nenhuma vai esquecer de te cobrar.

Algumas locadoras oferecem tolerância (grace period) de 29 minutos ou 1 hora de atraso.

Após o período de tolerância, geralmente cobram uma taxa extra até a 3ª hora de atraso e, a partir disso, cobram uma diária de taxa extra.

Ou seja, se devolveu o carro com até 2 horas de atraso, vão lhe cobrar uma taxa proporcional apenas a esse período de atraso. No entanto, se devolveu com mais de 3 horas de atraso, vai ter que pagar mais uma diária completa!

Mas, uma coisa que não deixam claro é que, embora nesse curto período não cobrem uma diária completa, a maioria das locadoras vai cobrar a diária dos itens opcionais que você contratou (mesmo que esteja dentro do período das 3 horas ou até mesmo dentro do período de tolerância).

Por exemplo:

Vamos supor que a locadora conceda 1 hora de tolerância de atraso. Você entrega o carro com 40 minutos de atraso e acha que não terá que pagar nada por isso. O que dá a entender é isso mesmo, acontece que algumas locadoras podem até não cobrar mais uma diária do carro, mas vão cobrar a diária dos opcionais contratados, como o GPS e os seguros, por exemplo.

Preste muita atenção como são as regras para retorno atrasado na sua locadoras. Leia com atenção. É muito comum relatos de turistas que tiveram problemas nessa hora, inclusive com locadoras cobrando uma diária inteira por menos de 1h de atraso ou até mesmo sem conceder nenhuma tolerância.

Vale ressaltar que as locadoras localizadas nos aeroportos tendem a ser mais “rígidas” nesse ponto.

Cheque a política da empresa quando for efetuar a sua reserva, essa é a melhor forma de evitar surpresas desagradáveis e evite ao máximo entregar o carro fora do horário estabelecido no contrato.

Early Return (Devolução Antecipada)early-return-fee-taxa aluguel de carro

Bem, se eu devolver o carro antes do horário ou dias antes do estabelecido na reserva, eu vou pagar menos, correto?

Não necessariamente.

A política das locadoras é bem diferente e elas podem agir de várias formas, como por exemplo, elas podem:

     ▸ Aplicar uma multa por hora ou dia de entrega antecipada sem alterar o valor básico da diária;
     ▸ Fazer um novo cálculo da sua reserva com base nos dias de uso do carro e não aplicar multa;
     ▸ Aplicar uma multa e fazer um novo cálculo da sua reserva com base nos dias de uso do carro.

Como exemplo, se você alugou um carro por 4 dias mas o devolveu no 3º dia, a locadora geralmente vai fazer um novo cálculo da sua reserva. Isso porque a partir de 4 dias a cobrança é baseada em uma tarifa semanal (weekly rate), e 3 dias ou menos tem a cobrança baseada em uma tarifa diária (daily rate). Obviamente, a tarifa semanal é mais barata que a diária, pois você está fechando um “pacote” e obtém um desconto por isso.

Caso você “quebre” esse pacote, as locadoras se reservam no direito de fazer um novo cálculo da sua reserva e até lhe aplicar uma multa por isso.

Outras locadoras podem agir de outra forma: em vez de fazer novo cálculo da reserva, vão aplicar uma multa por dia que entregar o carro antes do que foi contratado.

Seja como for, evite ao máximo fazer devoluções antecipadas, apenas em casos de imprevisibilidade ou de emergência mesmo.

Ainda assim, confira também como funciona essa questão na sua locadora para evitar possíveis transtornos e gastos desnecessários.

No Show (Lost Rental Charge) / Cancelamentogastos-aluguel-carro-taxas

Essas taxas também variam muito conforme cada locadora.

Cada uma tem sua política sobre taxas de não comparecimento (no show) e cancelamento.

As regras podem ser bem distintas conforme cada situação, como por exemplo:

     ▸ Se foi feito pagamento antecipado (pay now) ou pagamento na hora (pay later /paying at pick up) ;
     ▸ Se a reserva foi feita diretamente com a locadora (site ou call center) ou através da agências ou sites de viagens/agregadores;
     ▸ Localidade da locadora.

Regra geral, nos casos em que alugamos diretamente com a locadora ou efetuamos pagamento antecipado (pay now), geralmente estamos sujeitos a cobranças de taxas de cancelamento ou no show.

Diante de tantas possibilidades, vale a pena pesquisar.

O melhor seria fazer uma reserva em que não haja cobrança de taxa de cancelamento e no show, pois assim garantimos que mesmo que ocorra algum fato imprevisto, não teremos “jogado dinheiro fora”.

Taxa de Limpezataxa de limpeza em aluguel de carro

Essa é muito comum no Brasil, mas também pode ocorrer em todas as locadoras do mundo. Você não precisa devolver o carro lavadinho, encerado e com pretinho nos pneus, mas deve, ao menos, devolvê-lo em condições similares às quais você o retirou. Sujeiras normais do dia a dia não deverão ser cobradas.

No entanto, se você resolver entregar o carro cheio de lama, com bancos sujos de bebidas, sujeiras e manchas no carpete, ou seja, se entregar o veículo em quaisquer situações que impossibilitem a empresa de locar o seu carro logo em seguida para outro cliente, as locadoras se reservam no direito de lhe cobrar uma taxa de limpeza.

Algumas locadoras deixam claro que não é possível fumar dentro de nenhum carro da sua frota (100% smoke-free) e taxas de limpeza podem ser cobradas caso a regra seja desrespeitada.

Acontece que grande parte das locadoras acabam não divulgando qual seria essa taxa extra de limpeza que pode ser cobrada. Isso acaba sendo ruim para o cliente, por ser  algo subjetivo – vão cobrar conforme o estado em que o veículo for devolvido, ou seja, pode ser pouco ou pode ser muito.

No Brasil, esse valor em média é de R$ 25,00 caso o carro esteja razoavelmente sujo.

Caso esteja expressivamente sujo, podem cobrar muito mais. Perceba a subjetividade.

Para não correr risco de ter que gastar mais dinheiro desnecessário, mantenha o carro sempre em boas condições de limpeza.

Condutor Jovem (Young Renter Fee / Underage Driver Fee)condutor-jovem-taxa-aluguel-carro

Não se trata de uma multa, mas vamos considerar como sendo.

Essa é uma taxa obrigatória em grande parte das locadoras do mundo, nos casos de motorista com idade inferior a 25 anos (regra geral).

Na hora de fazer a cotação de preços no site da locadora, você vai perceber que existe um campo para informar a sua idade (renter’s age). Esse campo serve justamente para saber sua idade e se você vai ter que pagar essa taxa de condutor jovem ou não.

Nos Estados Unidos, o valor cobrado geralmente vai de US$ 10 a US$ 30 /dia, dependendo da locadora, época do ano, cidade ou estado, podendo ser limitada a um valor máximo por locação.

No Brasil, em média, custa R$ 15,00 por dia.

Na Europa, geralmente cobra-se € 10 por dia.

Drop Chargegastos-escondidos-aluguel-carro

Como vimos acima na taxa One Way Rental (Devolução em Outra Cidade), as locadoras disponibilizam a opção de retirarmos o carro em um lugar e devolvê-lo em outro. Acontece que isso deve estar previamente registrado na sua reserva/contrato.

Se você devolver o carro em localidade diferente da qual o retirou sem que esteja devidamente informado na reserva, você está sujeito a uma “bela” multa (Drop Charge).

Os valores a serem pagos não são fixos, pois a locadora efetuará a conta com base na distância entre as localidades de retirada e devolução.

De qualquer forma, evite ao máximo passar por essa situação, pois as taxas de multa não serão nada agradáveis, principalmente se forem localidades bem afastadas ou  estados diferentes.

GASTOS PARTICULARES NO ALUGUEL DE CARROS: NÃO ESQUEÇA DE CONTABILIZÁ-LOS NO SEU ORÇAMENTOgastos-particulares-aluguel-carro

Ao longo dessa série de 3 artigos, abordamos todos os possíveis gastos que podemos ter que pagar à locadora de carros.

Acontece que, além desses gastos, ainda somos obrigados a bancar outras despesas para podermos utilizar o carro.

Esses são os chamados GASTOS PARTICULARES.

Ou seja, são os gastos que não são devidos diretamente à locadora, mas sim, gastos decorrentes da utilização do carro.

Esses valores são referentes a:

     ▸ Abastecimento (combustível);
     ▸ Estacionamentos;
     ▸ Valet Parking;
     ▸ Pedágios.

Veja bem:

Primeiramente, você vai precisar abastecer o carro para poder andar. É verdade que o tanque quase sempre vem cheio, mas depois disso você vai ter que continuar colocando combustível para poder andar mais. Dependendo do tipo de viagem, os gastos com combustível podem ser bem expressivos. Procure fazer uma média de quilômetros rodados e calcule quanto será gasto.

Outro ponto importante é que você vai precisar estacioná-lo em diversos lugares (alguns gratuitos e outros pagos). É difícil estipular um valor para gastos com estacionamentos, mas sempre tente deixar um valor mínimo já reservado. Tente pesquisar se os lugarem que você deseja visitar cobram estacionamento. Muitas vezes, não há como fugir.

Vai ficar em hotel? Já viu se o estacionamento é gratuito? Muitos hotéis cobram estacionamento ou serviço de valet parking por dia, o que pode fazer você gastar uma boa quantia, muitas vezes esquecida de ser contabilizada no orçamento! Uma solução seria buscar hotéis com estacionamento gratuito, pois é um dinheiro a menos jogado fora.

O local para o qual vai viajar possui muitos pedágios?  A não ser que você vá fazer uma road trip ou rodar muito com o carro, os pedágios não costumam representar um grande valor no orçamento do aluguel de carros, mas, ainda assim, são gastos que podem tornar-se bem expressivos para os desinformados que acabam  contratando o dispositivo de pedágios de locadoras que cobram altas tarifas por dia de uso, sem necessidade, devido ao pouco uso do aparelho.

CONSIDERAÇÕESgastos escondidos - taxas aluguel de carro - taxation rental car

É muita taxa, não é mesmo? E olha que essas são somente as mais comuns!

Não se assuste se você tiver várias delas inclusas na sua locação.

Apesar de serem obrigatórias, existe como fugir de uma ou outra taxa, principalmente as que são referentes a multas contratuais.

Por isso, algumas dicas valiosas são:

      ▸ Locadoras não localizadas em aeroportos ou determinados hotéis não cobram uma taxa extra, por isso, é uma boa opção para economizar na viagem.
     ▸ Evite ao máximo descumprir alguma política da empresa ou alguma parte do contrato, pois pode custar bem caro para seu bolso;
     ▸ Confira as regras e a política da sua locadora previamente (o que não estiver claro, entre em contato com o suporte e resolva tudo antecipadamente);
     ▸ Na hora de fazer cotações, compare preços entre as locadoras e também preste atenção nas taxas obrigatórias que estão sendo cobradas em cada uma;
     ▸ Evite ao máximo fazer alterações na sua reserva, pois como vimos, para cada tipo de alteração ou não cumprimento vai estar previsto algum tipo de multa.
     ▸ Não esqueça de colocar no orçamento os gastos particulares com o carro (combustível, pedágios, estacionamentos)

Apesar de não termos como fugir de muitas dessas taxas, com um pouco de informação e conhecendo melhor como funcionam as regras na locadora onde vamos alugar, é possível fazer uma locação muito mais tranquila e sem surpresas negativas, sobrando mais dinheiro no bolso para gastarmos na viagem.

Caso tenha passado por alguma experiência negativa com cobranças de taxas obrigatórias e gastos escondidos no seu aluguel de carros, compartilhe com a gente nos comentários abaixo.

Boa viagem!

Insira o seu endereço de email para receber as melhores dicas sobre como alugar um carro